VISITAS

domingo, 9 de dezembro de 2012

AMAZÔNIA UM POUCO ANTES E ALÉM DEPOIS - Samuel Benchimol - Serie Livros sobre a Amazônia

Amazônia

Série livros sobre a Amazônia - AMAZÔNIA MISTERIOSA - Gastão Cruls


Gastão Cruls (Rio de Janeiro, 4 de maio de 1888ibid., 7 de junho de 1959) foi um escritor brasileiro do século XX. Foi um dos fundadores da Editora Ariel. Gastão escreveu este livro sem conhecer a Amazônia, com base apenas em literatura. Depois veio a escrever outro livro (A Amazônia que eu vi) após fazer uma excursão a Amazônia.

Gastão Crulz. Amazonia mysteriosa. Livraria Castilho. Rio de Janeiro. 1 ed. 1925. 345 p





Gastão Crulz. Amazonia mysteriosa. Livraria Castilho. Rio de Janeiro. 2 ed. 192x. 306 p





A Amazônia Misteriosa - Gastão Cruls - 3a. Edição
Gastão Crulz. Amazônia mysteriosa. Companhia Editora Nacional. São Paulo. 3 ed. 1929. 321 p.




Gastão Crulz. Amazônia mysteriosa. Editora Ariel. Rio de Janeiro. 4 ed. 1939. 306 p.





http://imagens.estantevirtual.com.br/imagens/capas/57604876.jpg
Gastão Crulz. Amazonia mysteriosa. Zelio Valverde. Rio de Janeiro. 5 ed. 1944. 300 p



http://imagens.estantevirtual.com.br/imagens/capas/27917122.jpg
Gastão Crulz. Amazonia misteriosa. Livraria Simões. Rio de Janeiro. 6 ed. 1953. 232 p



Gastão Crulz. Amazônia misteriosa. Livraria Saraiva. São Paulo. Coleção Saraiva, v. 115 7 ed. 1957. 240 p




http://imagens.estantevirtual.com.br/imagens/capas/71050751.jpg
Gastão Crulz.Amazônia misteriosa. Livraria Jose Olympio. Coleção Sagarana, v. 95. Rio de Janeiro. 9 ed. Prefácio de Arthur Ferreira Reis. 1973. 175 p



Gastão Crulz.Amazonia misteriosa. Edicões do Governo do Estado do Amazonas. Manaus. 6 ed (?).  2001. 220 p.



EDIÇÕES CONJUNTAS

Gastão Crulz. Amazônia misteriosa / Elza e Helena / A criação e o criador / Vertigem. Livraria José Olympio. 1958. 569 p


EDIÇÕES EM QUADRINHOS


Gastão Crulz. Amazonia misteriosa.Ebal. Clássicos Ilustrados, v.3. Rio de Janeiro. 1965. 88 p


H.q Edição Maravilhosa N°113 A Amazonia Misteriosa 1955

Gastão Crulz. Amazônia misteriosa. Brasil - América v.113. Rio de Janeiro. 1955. 88 p

   SINOPSE DO LIVRO:

Assim como ocorreu na Europa, as grandes questões dos períodos do entre guerras no século vinte promoveram as condições para o surgimento da Ficção Científica no Brasil. Em nosso país, essa forma literária se apresentou através da Literatura de Distopia e refletiu o interesse das elites dirigentes com as teorias eugenistas da época e com a constituição miscigenada do povo brasileiro. Para discutir este fato, este trabalho analisa como o romance Amazônia misteriosa (1925), de Gastão Cruls, dialoga com as convenções da ficção científica britânica vitoriana durante o período da República Velha (1889-1930) e se coloca como um instrumento ideológico das elites da época contra a população brasileira


O ótimo A Amazônia Misteriosa (1925) nos leva até a tribo perdida das amazonas, mas seu autor, Gastão Cruls, fornece antes de mais nada uma descrição da floresta amazônica que cerca as mulheres guerreiras, e sua própria organização social, integrada aos hábitos indígenas - além da história do continente. Mais importante, o livro nos fornece uma visão do passado pré-colombiano, relacionado à identidade latino-americana, que nos permite contrapô-lo às pressões neocoloniais da época

A trama coloca os protagonistas em uma expedição pela Amazônia, onde eles se perdem e acabam descobrindo, entre outras coisas: Gigantes, incas, guerreiras amazonas e até um cientista alemão (o livro se passa durante a I Guerra Mundial, 1914-1918) fazendo misteriosas pesquisas! Dizem que ele se inspirou em A Ilha do Dr. Moreau, de H. G. Wells, e até os personagens mencionam esse livro durante um diálogo. A diferença, e que diferença, é que Gastão, profundo conhecedor da amazônia, insere elementos da fauna, flora e folclores locais, criando uma aventura com sabor 100% brasileiro. 

Amazônia misteriosa descreve a jornada de um médico, referido no romance apenas como “Doutor”, à selva amazônica. Este personagem-narrador é acompanhado de uma equipe de ajudantes dentre os quais apenas se destaca na trama o caboclo Pacatuba, atuando como companheiro do narrador. A equipe se perde na floresta e é encontrada por um grupo de índios que os levam à tribo de índias de grande estatura identificadas posteriormente como as lendárias Amazonas. Através do consumo de uma bebida feita pelos silvícolas, ele empreende uma viagem onírica até a época do império Asteca e descobre a origem das Amazonas. Neste lugar, o Doutor também encontra um cientista alemão de nome Jacob Hartmann acompanhado de sua esposa francesa, Rosina, e, de dois ajudantes também europeus. Gradativamente o protagonista descobre que o cientista está fazendo experiências com animais e com os meninos recém-nascidos rejeitados pelas índias. Eventualmente o médico brasileiro e Rosina se apaixonam e decidem fugirem juntos da aldeia. Rosina, porém, sucumbe aos perigos da Amazônia e o romance termina com o narrador chorando a morte da amada.

FILME SOBRE O LIVRO

Um Lobisomem na Amazônia é filme de longa-metragem brasileiro de 2005, do gênero comédia de terror, dirigido por Ivan Cardoso e produzido por Diler Trindade. O roteiro é baseado em romance de Gastão Cruls - Amazônia Misteriosa.

Adicionar legenda

Adicionar legenda

Edições no exterior


Gaston Crulz. Amazonia Misteriora. 1938.Ed. Claridad. 220 p.




The misterious Amazonia: a brazilian novel. Zelio Valverde. Rio de Janeiro. 1944.




______________________________________________
Edição: Revisto em Abril de 2014.

________________

sábado, 1 de dezembro de 2012

MORRIS WEST - AS SANDÁLIAS DO PESCADOR



Morris Langlo West (26 de abril de 1916 - 9 de outubro de 1999) foi um escritor australiano.

Biografia

Morris West nasceu em St. Kilda, Victoria, na Austrália.  Formou-se em 1937 na Universidade de Melbourne e trabalhou muitos anos como professor. Passou 12 anos de sua vida em um mosteiro, mas não chegou a se ordenar padre. Em seus livros, West revela seus interesses no catolicismo romano, falando inclusive de muitos papas, e revela também um interesse na política internacional.

Fonte: Wikipedia
Informações detalhadas de Morris West
 Morris_West - Wikipedia  (informações em inglês)


Livros

 

As Sandálias do Pescador - The Shoes of the Fisherman (1963)



The shoes of the fisherman. Morris West. Heinemann. Melbourne. 1 ed. 1963. 302 p. Imagem da sobrecapa. Livro em capa dura azul 

 Edições Brasileiras


http://imagens2.estantevirtual.com.br/imagens/capas/60665212.jpg

http://www.sebodomessias.com.br/loja/imagens/produtos/produtos/57/570326_767.jpg
As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro Ferro. Biblioteca do Leitor Moderno, v. 43. Civilização Brasileira. Rio de Janeiro.  1 ed. 1963. 304 p.

As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro Ferro. Civilização Brasileira. Rio de Janeiro.  2,3 e 4 ed. 1964 e 1965. 304 p.
- As capas aparecem de varias cores. Não sei se foram feitas com cores diferentes ou se as mudanças são efeitos do tempo. Mas parece que a primeira edição tinha a azulada e as seguintes avermelhada e esverdeadas.
Livro As Sandálias Do Pescador De Morris West
As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro Ferr . Civilização Brasileira. Rio de Janeiro.  x ed. 1968. 304 p


http://www.sebodomessias.com.br/loja/imagens/produtos/produtos/74/748004_744.jpg
As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro . Civilização Brasileira. Rio de Janeiro.  10 ed. 1972. 302 p



As Sandálias Do Pescador Morris West Literatura Estrangeira
As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro Ferro . Record. SuperSellers, v. 11. Rio de Janeiro.  x ed. 19xx. 265 p. ISBN: 8501008389




As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro Ferro. Abril. Coleção Classico Modernos, v. 27. São Paulo.  x ed. 1975. 395 p

http://imagens2.estantevirtual.com.br/imagens/capas/75272620.jpg
As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro. Ediouro. São Paulo.  x ed. 1976. 328 p 11x17

http://www.sebodomessias.com.br/loja/imagens/produtos/produtos/57/578849_851.jpg
As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro Ferro. Abril. Coleção Grandes Sucesso, v. x. São Paulo.  x ed. 1981. 391 p



http://imagens2.estantevirtual.com.br/imagens/capas/74429325.jpg
As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro. Abril. Coleção Grandes Sucesso, v. x. São Paulo.  x ed. 1983. 389 p
http://www.sebodomessias.com.br/loja/imagens/produtos/produtos/48/486417_268.jpg
As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro Ferro. Circulo do Livro. São Paulo.  x ed. 1982. 330 p
http://www.sebodomessias.com.br/loja/imagens/produtos/produtos/47/470963_746.jpg
As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro Ferro. Circulo do Livro. São Paulo.  x ed. 1986. 389 p

As Sandálias do Pescador. Morris West. Trad. Fernando Castro Ferro. Record. Rio de Janeiro.  19 ed. 19xx. 304 p.

As Sandálias do Pescador. Morris West. Tradutor Fernando de Castro Ferro. Record.Rio de Janeiro.  x ed. 2000. 272 p. ISBN: 8501008389



Edições em Portugal


FILME SOBRE O LIVRO - SANDÁLIAS DO PESCADOR

Foi feito um filme baseado no livro as Sandálias do Pescador, que foi lançado em 1968, dirigido por Michael Anderson e tinha no elenco entre outros Anthony Quinn, Laurence Olivier, Vittorio de Sica, John Gielgud e Oskar Werner.



File:Shoesfisherman.jpg














Neste site tem uma otima resenha do filme:

Resenha do Filme As Sandalias do Pescador
 

SINOPSE:   

"As sandálias do pescador" publicado em 1963, no auge da Guerra Fria entre Estados Unidos e União Soviética. Considerado "profético" por alguns, pois sua trama antecipa em 15 anos a eleição de um Papa vindo de um país comunista do leste europeu ( Papa João Paulo II  - Karol Józef  eleito em 1978).
Depois de vários anos presos num campo de trabalhos forçados na Sibéria, o padre Kiril Lakota (Quinn) é mandado de volta para Roma. Lá, ele é nomeado cardeal pelo próprio Papa. Mas a vida desse defensor da liberdade e da fé cristã, estaria tomando rumos que ele jamais imaginaria. Com a súbita morte do Papa, Kiril  Kiril assume o trono de Pedro ("O pescador") praticamente no mesmo tempo que seu antigo torturador Kamenev assume o poder na URSS.  Os perigos de um conflito atômico, o debate entre ciência e religião, amor e pecado - temas que se entrelaçam neste extraordinário best-seller de Morris West um clássico da literatura do século XX. Era o escritor predileto de João Paulo II.  Morris West, foi seminarista e sendo incrível a semelhança dos fatos e, até mesmo das características pessoais e comportamentais de João Paulo II com o protagonista do romance. A singularidade do aspecto profético do livro vai da origem de João Paulo (que é polonês, e a Polônia é um país comunista), passa pela idade e performance do "suposto papa", eleito com quase a mesma idade de João Paulo II; indo tal semelhança até o postura de ex-atleta que ambos apresentam e, o mais importante, descreve o desempenho do novo Papa que, abre as portas do Vaticano para o mundo, como de fato aconteceu com João Paulo II iniciando uma verdadeira peregrinação pelos continentes.


OUTROS LIVROS DE MORRIS WEST


  • O advogado do Diabo - The Devil's Advocate (1959)
  • A Salamandra - The Salamander (1973)
  • Arlequim - Harlequin (1974)
  • Concubina
  • O Embaixador - The Ambassador (1965)
  • Os Fantoches de Deus - The Clowns of God (1981)
  • A Filha do Silêncio (1961)
  • Fora de Série
  • O Herege (1969)
  • Kundu (1956)
  • Um Mundo Transparente
  • O Navegante - The Navigator (1976)
  • O Preço da Honra
  • Proteu (1979)
  • A Torre de Babel (1968)
  • O Milagre de Lázaro
  • A Segunda Vitória
  • A Estrada Sinuosa
  • Filhos das Trevas
  • Forca na areia
  • O Mestre de Cerimônias
  • Ponto de Fuga
  • Terra Nua
  • O Verão do Lobo Vermelho
  • Os amantes (1993)